Dialog über erde

“Diálogos sobre a terra” (1994) ilustra uma situação em que o performer vive uma dualidade, entre materiais rígidos e macios, para moldar, de forma quase esquizofrênica, um mesmo objeto sonoro. Estes diferentes materiais estão representados nos instrumentos utilizados na música, que incluem 9 tipos de chocalhos, um recipiente com água, microfones subaquáticos, objetos em metal, madeira e pele, entre outros.
O compositor e instrumentista Vinko Globokar é conhecido por criar composições inovadoras que combinam gestos e performance na busca de novas possibilidades sonoras, e também através do uso de improvisação e técnicas instrumentais estendidas. Um aspecto particular da sua obra é que Globokar considera a música como uma “linguagem” em que os sons instrumentais e vocais estão intimamente ligados, procurando frequentemente criar intersecções com o teatro dar destaque ao aspecto visual de uma performance e aos gestos do músico em palco.

Áudio: Guilherme Barros & Matheus de Moraes Gugelmin
Áudio Mix: Guilherme Barros & Luís Bittencourt
Captação das imagens: Rafael Happke, Nathalia Schneider, Maria Manoela Azambuja, Joel Santos
Direção de imagem: Felipe Aguiar
Montagem: Rafael Berlezi
Desenho de luz: Luiza de Rossi
Projeções ao vivo: Fernando Krum
Direção: Leo Roat
Assistentes de palco: Rafa Teixeira, Márcio “Kbecinha” Tólio e Mauro Di Giacomo “Defunto”
Produção: Tatiana Vargas, Ana Bittencourt & Márcio Grings

Gravado ao vivo no Teatro Treze de Maio, Santa Maria, RS, Brasil. Janeiro de 2016.

SUBSCRIBE TO OUR NEWSLETTER!

The best of new music in your inbox!